Aumento do IPTU para MPEs prejudica os mais pobres em São Paulo

por Roberto Lacerda Barricelli (publicado originalmente no site robertolbarricelli1.wordpress.com)

 

Taxar os mais “ricos” não favorece os pobres, pelo contrário, aumenta o desemprego e os custos de vida impactando na segurança financeira dos mais pobres. Para a gestão do Prefeito Fernando Haddad (PT-SP) a noção de mais “ricos” é deturpada. O aumento do IPTU será maior para a “classe” geradora de empregos: as empresas.

Um costume fácil de perceber na maioria dos eleitores mais pobres é o de olhar superficialmente e achar que serão beneficiados. Percebem apenas que o mais rico pagará mais e o pobre pagará menos IPTU, mas não percebem que a noção de “rico” é diferente e que eles serão os mais prejudicados.

Pesquisa do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) sobre o aumento do IPTU mostra que 99% dos comerciantes são contra o reajuste (que será de 35% para imóveis comerciais), enquanto 95%acham que impactará o negócio.

Além disso, em outra fase da pesquisa, desses 99% de comerciantes contra o aumento do IPTU, 49% afirmaram que repassarão o custo a mais ao preço de seus produtos e serviços (22% integralmente e 27% parcialmente), 13% reduzirão outros custos, 13% mudarão seus negócios para cidades onde o IPTU é menor (empresas que levam junto os empregos atuais e possíveis de gerar), 9% diminuirão o número de empregados (demissões) e 8% fecharão o negócio (de novo menos empregos), 4% assumirão integralmente os custos e 3% buscarão “outras opções”.

Sabendo que o comércio é responsável por 49% das vagas nas Micro e Pequenas Empresas.

mpesporsetor

E que elas são responsáveis por 60% dos empregos no Brasil e 51,6% no Município de São Paulo.

MPEsNacional

A pesquisa concluiu que aproximadamente 119 mil trabalhadores ficarão desempregados devido aos cortes de pessoal, mudança de cidade e empresas que fecharão no Município de São Paulo.

Logo, os “mais ricos” apenas repassarão o novos custo aos mais pobres (integralmente ou parcialmente) e destes 119 mil ficarão desempregados. Isso é obvio, ora, queriam o que? Que os comerciantes e demais empresários assumissem integralmente todo o custo e ponto? Imagine oi seguinte, sou do Estado, aumento sua contribuição do Imposto de Renda em 35% e espero que você não trabalhe visando ganhar mais para recompor sua renda, não faça hora extra, não procure emprego que pague melhor e com maiores benefícios e continue ganhando o mesmo porque acha justo eu te roubar 35% a mais. Isso é o que eu (Estado) espero, mas o que você faria? Não buscaria recompor a fatia a mais que estou lhe tomando? Pois é, com os empresários não é diferente.

Os resultados do aumento do IPTU não serão benéficos aos mais pobres, pois 119 mil desses ficarão desempregados, outros tantos verão as empresas cortarem custos e quem sabe até comissões (principalmente profissionais liberais) e além de ficarem sem emprego, logo, com renda menor, pagarão mais caro pelos mesmos produtos que estão acostumado a consumir, inclusive os de necessidade básica.

Esse é o efeito da política confiscatória de Fernando Haddad, tira dos geradores de emprego e renda e aumenta as dificuldades entre os mais pobres.

Por Roberto Lacerda Barricelli

Fontes:

SSBRAE – http://www.sebrae.com.br/

G1 – Metade do comércio deve aumentar preço por causa do IPTU, diz pesquisa (29/10*2013) – http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2013/10/metade-do-comercio-deve-aumentar-preco-por-causa-do-iptu-diz-pesquisa.html

InfoMoney – Com aumento do IPTU, comerciantes repassarão custos para consumidores – http://www.infomoney.com.br/minhas-financas/consumo/noticia/3034160/com-aumento-iptu-comerciantes-repassarao-custos-para-consumidores

Portal Brasil – Mapa das Micro e Pequenas Empresas – http://www.brasil.gov.br/economia-e-emprego/2012/02/o-mapa-das-micro-e-pequenas-empresas

SEBRAE – Estudos e Pesquisas – http://www.sebrae.com.br/customizado/estudos-e-pesquisas/temas-estrategicos/conjuntura-economica

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s