Votando com os pés

pésEsta semana, foi noticiado que o nadador Arkady Vyatchanin escolheu competir pela Sérvia. O atleta russo é um exemplo prático do que os liberais chamam de votar com os pés. Descontente com a federação russa de natação, Vyatchanin, recordista mundial dos 200 metros costas em piscina curta e dono de duas medalhas olímpicas, decidiu não mais competir por seu país de nascença.

Primeiramente, ele focou em buscar uma vaga na seleção americana, já que treina na terra do tio Sam. Contudo, frente às barreiras burocráticas, parece ter aceitado a proposta da federação da Sérvia. O liberalismo defende a abertura de todas as fronteiras. Dessa forma, todos os indivíduos poderão procurar o local que lhes ofereça melhores condições.

O atual modelo, no qual estados autoritários estabelecem regras para entrada e saída de pessoas dos países, gera uma distorção econômica, causando escassez de mão de obra em alguns países e excesso em outros. Muitos políticos que se dizem liberais defendem policiamento das fronteiras e maiores restrições para entrada de estrangeiros no país.

Em razão dos diversos programas sociais, muitos pagadores de impostos se opõem à livre circulação de pessoas, por temerem um aumento de impostos para custear os benefícios oferecidos pelo estado a novos entrantes. Inclusive um dos ícone do libertarianismo nos Estados Unidos, o senador Ron Paul, já votou a favor da construção de um cerca na fronteira com o México.

Tudo isso é uma imensa abominação. É importante ressaltar que opor-se a plenitude do direito de ir e vir é completamente anti liberal e, principalmente, prejudica a geração de riquezas. Como explica o professor Ben Powell, a maioria dos imigrantes se encontra nos extremos da força de trabalho. Ou são pouquíssimo qualificado e ocupam vagas que os habitantes nativos desprezam (jardineiros, faxineiros, colheitadores etc) ou são altamente qualificados e assim contribuem para o crescimento do país, trazendo novas tecnologias e conhecimento de padrão elevado. É o caso de Vyatchanin. Ele é um atleta consagrado. Dessa forma, pode levar dividir sua habilidade com colegas de times, contribuindo para a evolução da equipe da qual faz parte.

All in all, nunca é demais afirmar que a livre imigração, como demonstra a história, só traz benefícios para todos em qualquer campo que seja, do cultural ao econômico. Por isso, se você deseja que seu país seja próspero e que sua qualidade de vida aumente cada vez mais, esteja sempre ao lado dos imigrantes!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s